A Sciaena participou nos dias 23 a 25 de julho de 2018 numa reunião em Bilbau da Comissão Internacional para a Conservação dos Tunídeos do Atlântico (CICTA, ICCAT em inglês) em que foi abordado o estado débil do stock do atum patudo do Atlântico e a necessidade de adotar medidas que permitam a sua recuperação.

Tratou-se de uma reunião intercalar do Painel 1 do ICCAT, que lida especificamente com as denominadas espécies de atum tropical do Atlântico - o patudo, o albacora e também o bonito. O objetivo principal foi preparar a reunião anual do ICCAT, que decorrerá em novembro, na Croácia, onde serão definidas as medidas de gestão para os próximos dois anos para estas espécies. Em cima da mesa em particular está o patudo, de enorme relevância para as frotas de salto e vara dos Açores e Madeira, e que como foi apresentado pelo comité científico do ICCAT, permanece em situação muito preocupante.

Segundo Gonçalo Carvalho, da Sciaena, "saímos desta reunião com boas perspectivas, pois os principais países envolvidos mostraram uma clara aceitação do grave estado em que o patudo se encontra e bastante consenso sobre as medidas mais urgentes que terão de ser acordadas em novembro para recuperar este stock".

Estiveram presentes mais de 20 países membros do organismos e ainda várias entidades observadoras, como é o caso da Sciaena. À margem da reunião foram estabelecidos diversos contactos, nomeadamente com os representantes da frota de Salto e Vara dos Açores e os representantes da Comissão Europeia, do Governo da República Portuguesa, do Governo Regional dos Açores.

A Sciaena esteve ainda reunida com elementos da International Pole and Line Foundation, tendo reafirmado a sua subscrição da Declaração dos Açores, um documento em que se assume o compromisso de apoiar a pesca de atum de salto e vara, tendo em conta a sua sustentabilidade ambiental e importância e termos sociais e económicos.

A Sciaena colabora com a The Ocean Foundation na conservação dos atuns do Atlântico.

Fotografias

Facebook

Twitter

Newsletter

Subscreva a nossa Newsletter.
O seu email será usado única e exclusivamente para enviar as nossas newsletters. (Politica de Privacidade)
Coligações
Parceiros